delegado valdir barbosa

Por Valdir Barbosa

Grande metrópole, Dry Mangrove – (Mangue Seco) – foi surpreendida por ação ousada de marginais que invadiram o prédio do Bigland Bank, ali sediado, conseguindo subtrair dos seus cofres, após manter por várias horas funcionários da tesouraria daquela instituição, sob grave ameaça, mais de cem milhões de escudos.

Durante muitos meses, o Delegado Manoel Marques de Melo Rego, com ajuda inestimável do alcaguete Jacu Paraquedista, também conhecido como “Cabeça de Camarão”, assaz conhecido nas bandas de Bitter Oil -(Indiaroba) -, capital da promissora região produtora de pescados e crustáceos.

Diligências realizadas por diversos cantos de Bigland, país com dimensões continentais lograram finalmente prender os autores daquele roubo milionário tendo sido recuperados grande parte dos valores, em contas diversas, de muitos integrantes da sucia e parceiros seus.

Todos os numerários foram restituídos ao banco e, finalmente, ditos responsáveis pelo crime foram condenados pela justiça da capital, Bitter Oil (Indiaroba), terra de “Cabeça de Camarão”, com sentenças confirmadas em todas as instâncias.

No curso do processo que se arrastou meses a fio, várias delações ocorreram objetivando assim, o esclarecimento de diversas ações praticadas pelo grupo, noutras localidade, quando muitos dos malfeitores devolveram quantias milionárias, confessadamente auferidas de maneira obscura repatriadas inclusive do exterior.

Todavia, passados anos, advogados de facções às quais pertencem os marginais interpuseram recursos na mais Alta Corte de Bigland, então, alguns dos togados – quase intocáveis – resolveram anular as decisões transitadas sob suas vistas todo este tempo, mediante o entendimento de que a competência seria da Comarca de Dry Mangrove – (Mangue Seco).

Por conta de tal firula jurídica, caso as opiniões estapafúrdias não se façam revogadas, os assaltantes estarão a salvo das condenações, para voltar a roubar sem receios, serão indenizados pelo Estado, por ter sido condenados frente aos ilícitos cometidos, o Bigland Bank terá que devolver a todos inocentados, os valores dele subtraídos, restando saber o quanto ocorrerá no tocante às quantias repatriadas, relativas às outras barbaridades.

Tal estado de coisas abalou as estruturas emocionais de Jacu Paraquedista, e as preocupações do quanto lhe possa vir a ocorrer amoleceram seus miolos, por isto, o coitado é visto perambulando nos arredores de Bitter Oil – (Indiaroba) –  vestindo vermelho, gritando PULHA 2022, carregando uma placa de número 13 nas mãos, não sendo explicado, se pedindo sorte à sorte, ou queixando do azar, por ter posado como puxa saco de poderosos.

Manoel Marques de Melo Rêgo, já aposentado, agora cuida da segurança do megaempresário Marcel das Bolsas e hoje transita no Centro Oeste de Bigland, dando cobertura às minas de ouro do capitalista – Mineração Ambi Em Tal – por isto, não quer nem saber onde toda esta marmelada vai chegar. Hoje, o velho polícia só quer assistir de camarote.