WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia FIB 2022 PMVC PMVC


maio 2018
D S T Q Q S S
« abr   jun »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  
blog do marcelo

camaravc

unimed

Fidelão ganhou a luta

nando da costa lima

Por Nando da Costa Lima

Eram dois dos maiores lutadores do Nordeste, já tinham lutado pelo Brasil todo. Era ter qualquer inauguração de loja, aniversário de cidade, circo… qualquer desses eventos estavam lá Fidelão e Leão do Norte. Ambos fortíssimos e já vinham se enfrentando há tanto tempo que eu acho até que ficaram amigos. Mas é como eu tava falando, se “rolasse um troco” os dois lutadores se encaravam até em batizado. Conquista era bem menor, o ponto mais movimentado da cidade era o Jardim das Borboletas no domingo à tarde. A meninada se lavava, brincava, namorava e brigava… O pior é que quando chegava com um olho roxo em casa ainda tomava um “côro” por ter apanhado na rua. Era a regra, todo mundo admitia!

Mas foi numa Conquista dessa época que um partido resolveu lançar um jovem candidato pra disputar uma vaga de vereador. E nesse tempo ninguém melhor que Pedro Alexandre pra representar a juventude conquistense. Nesse tempo, Dom & Ravel ainda faziam sucesso cantando: “Eu te amo meu Brasil…”. Era uma bestagem só. Mas Pedro resolveu levar a campanha a sério, começou a ler sobre política, participava mais das conversas com a comunidade, mesmo sendo jovem. E como todo jovem, ele chegou pra inovar, ia botar uma porção de ideias futuristas na cabeça daquela velharia. Já tinha gente pagando 3 pra 1 com ele se elegendo. Pedro se empenhava cada vez mais em consertar o Jeep que lhe deram pra fazer campanha e convencer o eleitorado que ele era o homem certo para ocupar um das cadeiras tão cobiçadas.

Tava faltando menos de um mês para a votação. Pedro Alexandre tinha notado que tava perdendo espaço, tinha que bolar alguma coisa diferente pra atrair o pessoal jovem, só assim pra ele se eleger. E foi no Hotel Cometa que ele encontrou com a possível salvação da lavoura. Os dois lutadores mais requisitados do Nordeste estavam hospedados. Aquilo caiu como um presente na cabeça do futuro político, era só promover a luta no domingo à tarde no Jardim das Borboletas e tudo estaria resolvido. Independente de quem ganhasse aquela megaluta, Pedro Alexandre seria eleito e encheria os olhos da rapaziada.

E foi marcada a luta para uma semana antes da eleição. O futuro vereador ia bancar a hospedagem com alimentação dos dois lutadores no grande Hotel Cometa. O dono do hotel não gostou muito da ideia, mas “de filho a gente engole tanto sapo”. Foi o jeito participar sem querer da campanha do filho. A luta aconteceria em cima duma carroceria de um caminhão cedido por um empresário. Os lutadores, antes do evento, tiveram a sabedoria de forrartodos os parafusos e quinas do veículo que poderiam causar grandes problemas com toalhas que o comércio fez questão de dar. Pedro ficou no meio do ringue (caminhão) e fez um discurso político. Em seguida, distribuiu pão para os mais humildes junto com o número que ele iria concorrer, tudo como sempre foi naquele tempo. Aí começou a luta, todo mundo torcendo pra um dos dois se fuder. A meninada gritava, os entendidos apostavam, quem não gostava de violência foi para a Cidade dos Pássaros namorar. De repente, um baque foi ouvido na carroceria do caminhão. O boxeador Leão do Norte tinha desabado.Levantou, levou a mão à testa e quando viu o sangue, não suportou. Teve uma crise de choro. A molecada, quando viu aquele homão chorando, começou a gritar: “O lutador é bicha, é o cabeludo do hotel”. Leão do Norte não aguentou ser insultado e tentou pegar Pedro Alexandre pra dar um pau, mas o candidato se livrou sem maiores problemas. A polícia foi acionada, os ânimos foram acalmados, Fidelão e Leão do Norte partiram pra Jequié e o nosso candidato infelizmente não se elegeu… Mas tomou gosto por esse negócio de promover eventos e ficou famoso, segundo o povo. Ele já deve estar beirando os 70, não tá nem aí pra porra de fama. Mas Fidelão e Leão do Norte eu tenho quase certeza que ficaram famosos, até hoje tem gente que se lembra dessa luta!

1 resposta para “Fidelão ganhou a luta”

  • thomas disse:

    sou de paulo afonso e lembro myuito desse nome em minha cidade , ele e homem onça q faziam lutas mas eu era muito pequeno , meu era um grego q se instalou em minha cidade e tb luta e patrocinou esses eventos em minha cidade , era um show assim me disseram

Deixe seu comentário

alessandro tibo


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia