curtinhas2

São dois nomes do esporte, sempre gostaram do futebol, incentivaram, apoiaram e agora querem um mandato popular para fazer mais.

xxxxxxxxxxxx

Quando anunciamos o desejo dos desportistas em nosso blog, a curiosidade veio logo à tona:

xxxxxxxxxxxx

Quem será? Ou melhor, quem serão? Deputado estadual e federal ligados ao esporte, figuras muito próximas ao bairro Alto Maron. “Ué, quem pode ser?”, perguntaram os leitores.

xxxxxxxxxxxx

Vieram as especulações: “Piolho está no meio. Merece. Se fosse no bairro Jurema, seria João Cavalinho”, arriscou um. Já outro apostou diferente: “deve ser Nadinho, da Federação”.

xxxxxxxxxxxx

Um ex-vereador também arriscou o ex-dirigente da Federação Baiana de Futebol. Não falei dos nomes porque me pediram para não fazê-lo.

xxxxxxxxxxxx

“Estamos sem representação, faltam mandatos que defendam o esporte”, me confessou o autor da mensagem que dizia da pretensão de disputar a eleição legislativa em 2022.”

xxxxxxxxxxxx

A próxima eleição para deputado estadual e federal teremos muitos nomes jamais imaginados. “Será gente saindo pelo ladrão!”

xxxxxxxxxxxx

Zé Raimundo, Waldenor Pereira e Fabrício Falcão são os candidatos da base do governo estadual, portanto, adversários do prefeito Herzem Gusmão.

xxxxxxxxxxxx

Representando o governo municipal, quais serão os nomes? Teremos muitos pretendentes. Com respaldo eleitoral e com o apoio do prefeito Herzem, creio, já tem um:

xxxxxxxxxxxx

Ele já me falou que será desde o ano passado, muito antes das eleições municipais. É aquela história, pode ter sido uma simples confidência.

xxxxxxxxxxxx

Dr. Aragão, por exemplo, será candidato? Já o foi nas eleições passadas. E Marcelo Melo? Silêncio total.

xxxxxxxxxxxx

Tem um outdoor na Avenida Olívia Flores de um vereador reeleito que o conteúdo da mensagem sugere uma possível candidatura em 2022:

xxxxxxxxxxxx

 “Novos desafios”. Eu entendo assim, é um aviso. Só que depende da decisão do grupo. Ah, por conta própria ele não sairá.

xxxxxxxxxxxx

Tiago Correia é da terra, de família tradicional, por parte do pai e da mãe. Foi vereador em Salvador, se reelegeu deputado estadual.

xxxxxxxxxxxx

Tem as bençãos de ACM Neto, é da cozinha do ex-prefeito de Salvador, é amigo mesmo.

xxxxxxxxxxxx

Tiago, se quiser, poderá falar que quer representar a cidade, com toda a legitimidade do mundo.

xxxxxxxxxxxx

Nasceu aqui, viveu boa parte da juventude na cidade, só se deslocou para Salvador para estudar. Jogou vôlei aqui e estudou no São Tarcísio.

xxxxxxxxxxxx

Conquista já elegeu no passado muita gente da terra, com vínculos umbilicais com a cidade e parece que reacende esse desejo.

xxxxxxxxxxxx

Os votos da direita e centro direita da “terra do frio” são fragmentados, divididos entre vários candidatos, e sempre por indicação pessoal de um “líder” local.

xxxxxxxxxxxx

A campanha está na rua, para presidente e também para deputado estadual e federal. Os grupos movimentam, todo mundo de olho nos votos da população.

xxxxxxxxxxxx

Vitória da Conquista e as cidades que nos circundam podem, e precisam, eleger oito candidatos que nos representem verdadeiramente:

xxxxxxxxxxxx

Dois deputados estaduais e dois federais dos partidos ditos de esquerda e o mesmo número dos partidos vistos como de direita e centro direita.

xxxxxxxxxxxx

Existe a possibilidade de candidaturas alternativas tanto de um lado quanto do outro. As novidades são muitas, com nomes inusitados e também com outros tantos já experimentados.

xxxxxxxxxxxx

O PSD, do senador Otto Alencar, embora seja da base do governo, tem vida própria e com certeza apresentará nomes. Tem musculatura, já provou ao estado, está a frente de mais de cem prefeituras por todo o interior.

xxxxxxxxxxxx

Sem contar que Otto poderá ser candidato ao governo do estado. Ele nega, pelo menos por agora.

xxxxxxxxxxxx

 “Sucessão governamental só discutirei a partir de março de 2022, antes disso é prematuro”, respondeu-me na semana passada.

xxxxxxxxxxxx

A sucessão ao governo do estado virá pegando fogo, muita novidade poderá acontecer. Porto Seguro já apresenta a primeira delas:

xxxxxxxxxxxx

A médica Raissa Soares, que ganhou visibilidade quando assumiu publicamente a defesa do tratamento precoce contra a COVID-19.

xxxxxxxxxxxx

Drª. Raissa esteve em nossa cidade palestrando para colegas. Conseguiu liderar esse movimento ganhando projeção estadual e até certo ponto nacional.

xxxxxxxxxxxx

Ela hoje faz parte do governo do município de Porto Seguro, fruto da sua exposição, o que despertou o interesse dos seguidores de Bolsonaro na sua candidatura à sucessão de Rui Costa.

xxxxxxxxxxxx

Será? A campanha ao governo do estado já nasceu polarizada entre Neto e o candidato de Rui Costa, que poderá ser Jaques Wagner ou mesmo Otto Alencar. Ou os três: Neto, Wagner e Otto.

xxxxxxxxxxxx

E a Drª. Raissa, como ficará? A notícia que circulou sobre a possibilidade dela sair candidata também falou que ela poderá ser vice do ex-prefeito de Salvador.

xxxxxxxxxxxx

Drª. Raissa esteve pessoalmente com o presidente Jair Bolsonaro, se identificaram, daí a defesa da sua candidatura para dar palanque na Bahia ao chamado “mito”.

xxxxxxxxxxxx

Continua a preocupação da população com os inúmeros casos de contaminação que vem ocorrendo no município. A COVID-19 continua ativa, a comunidade está ciente, mas releva.

xxxxxxxxxxxx

Os números assustam, dizem os entendidos. Ouvimos isso de muita gente da área médica, da saúde e de diversos setores da sociedade.

xxxxxxxxxxxx

A Diretora da Vigilância de Saúde do município, Ana Maria Ferraz, esteve ontem em nosso programa Agito Geral e disse:

xxxxxxxxxxxx

“Estamos fazendo o possível para alertar a população, não temos dado tréguas, circulamos pelos bairros vistoriando bares e restaurantes para evitar aglomerações”, disse Ana.

xxxxxxxxxxxx

Ela destacou o trabalho em parceria que vem sendo desenvolvido com a Polícia Militar: “o Coronel Ivanildo tem sido muito importante nesse momento”.