WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


outubro 2021
D S T Q Q S S
« set   nov »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  
blog do marcelo







unimed

:: 15/out/2021 . 14:15

Professor: profissionalização e profissionalismo

Luiz
Por Luiz Ibiapaba

O Magistério tem sido encarado, não raro, como uma atividade que exige um “devotamento especial” a ponto de, já nos primórdios, ter correspondido a um “sacerdócio”, de piedosas prestações e comiserações, com evidências da santidade, na contrapartida, contextualizada, do funcionamento das instituições religiosas de ensino, controladas ou não pelo Estado, sem que tal exercício assumisse as prerrogativas de uma PROFISSÃO. Certamente, devotamento, dedicação, competência, amor à arte de educar, esmero são virtualidades contidas nas múltiplas relações diariamente estabelecidas no binômio professor/aluno, indispensáveis ao caráter mesmo da missão e da sensibilidade do educador. Disto, porém, não se infere fazê-lo equivaler ao “sacerdócio”, como de início concebido (SILVA, 1995). :: LEIA MAIS »

Guigga estreia bloco Me Leva em Salvador no próximo dia 19

A0BB6E61-07AE-456A-AD5B-838D3A0BA67F

Primeira edição do evento terá participação de Ana Barroso e Coral

O artista baiano Guigga desembarca em Salvador no próximo dia 19 para estrear o bloco Me Leva. O show acontece na Arena Sesc-Senac Pelourinho, a partir das 20h, e irá contar com participações especiais que irão potencializar a presença dos artistas do interior na capital baiana.

Nesta primeira edição, Ana Barroso e Coral serão as convidadas do encontro. “O intuito é fazer uma grande festa de carnaval”, afirma Guigga. No repertório, canções de sua autoria, como “Xylocaína” e “Coisa de Mandinga”, além de interpretações de artistas que o inspiram, como Gilberto Gil, Caetano, Ivete Sangalo, Moraes Moreira e A Cor do Som. “Estou muito empolgado porque, depois de muitos anos, para além da pandemia, estou voltando a cantar música da Bahia e aquilo que a gente entende como axé music. Poder acessar esse repertório, me reconhecer nesses espaços e fazer show no Pelourinho com essas músicas me deixa muito eufórico”, conta. :: LEIA MAIS »

Jurados do Famus: o time está completo, o renomado Marcos Ferreira assume o seu posto

33B66B0C-6846-4BB8-A371-2363CA6FFF41
O ilustre maestro João Omar cumpriu com dedicação e competência o julgamento da primeira etapa dos inscritos naquele que já é considerado o principal festival musical sem cobrança de ingresso do interior do nordeste.

João honrou o seu mister e o fez com zêlo, só que agora ele cumprirá outra nobre missão, foi para Salvador acompanhar os projetos da Orquestra Neogibá, da qual é coordenador. Ao partir, ele agradeceu o convite e comentou sobre o novo participante da bancada: “olhe, o Marcos Ferreira enobrece o evento. Pierre Onassis, Del Feliz e Sarajane estão em ótima companhia em todos os aspectos, como ser humano e também como profissional capaz de enxergar e escolher os vencedores do Famus”. :: LEIA MAIS »

alessandro tibo


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia