DSC_2855

No último domingo (03), no final da tarde, a comunidade católica de Vitória da Conquista estava em comunhão com o divino no ato que aconteceu no Bairro Vila América, onde foi edificada a belíssima capela em homenagem a nossa Santa brasileira, Irmã Dulce, hoje Santa Dulce dos Pobres, assim chamada porque doou sua vida aos mais necessitados, aos doentes, aos irmãos sofridos, os verdadeiros pobres. Daí o reconhecimento de um grande empresário que construiu a capela que logo se tornará paróquia.
Emérito Pithon, um homem de posses, mas de alma sensível, não se importou com a soma, investiu e fez da Casa Deus um dos mais belos cartões postais de Vitória da Conquista. Pedro Pithon Liberal Batista, sobrinho e sócio da Pel, esteve no evento representando o tio.
A prefeita Sheila Lemos, acompanhada dos vereadores Carlos Dudé e Valdemir Dias, acompanhou a celebração da missa e, em seguida, ela e os dois edis foram saudados pelo ilustre jornalista Valber Machado, autor da obra e um propagador da figura de Irmã Dulce, hoje Mãe dos Pobres, um exemplo a ser seguido de forma ecumênica por todos seres vivos.
A fala do escritor traz uma mensagem de paz e amor, o Valber Carvalho retrata uma experiência de que conhecer Irmã Dulce é algo divino e maravilhoso, por isso ele deixa claro que “a Santa Dulce dos Pobres não veio apenas para falar de caridade, mas para fazer caridade”.
Foi, sem dúvidas, um acontecimento do tamanho que a homenageada merece. “Santa Dulce dos Pobres, rogai por nós!”.

Fotos: Blog do Anderson