4D55B6C9-2146-4A69-B0DB-2F90DA24E714

O advogado Afrânio Garcez, um querido amigo, de ótimas lembranças, conhecedor profundo das coisas da nossa terra, menino andante das ruas de Conquista, principalmente dos trechos do bairro Alto Maron, enviou em um dos grupos que participo, o Amigos da Bahia, um artigo maravilho sobre a ilustre cidadã e figura pública Angela Merkel, da Alemanha, que eu divido com os nossos leitores.

É um elixir para revigorar o ânimo de todos que creem na política como ciência:

“ALEMANHA DESPEDIU-SE DE ANGELA MERKEL

Com seis minutos de calorosos aplausos, nas ruas, varandas, janelas, todo o País aplaudiu durante 6 minutos – um exemplo espetacular de liderança e defesa da humanidade, tiro o chapéu!

Os alemães a elegeram para os liderar e ela liderou 80 milhões de alemães por 18 anos com habilidade, dedicação, sinceridade e honestidade.  Ela não disse bobagem.  Ela não apareceu nas ruas secundárias de Berlim para ser fotografada.  Ela foi apelidada de “A Senhora do Mundo” e foi descrita como o equivalente a seis milhões de homens.

Durante esses dezoito anos de liderança em seu país, nenhuma transgressão foi registrada contra ela.  Ela não designou nenhum de seus parentes para um cargo governamental.  Ela não afirmou ser a criadora de glórias.  Ela não recebeu milhões de euros em pagamento, ninguém aplaudiu seu desempenho, ela não recebeu alvarás e promessas, ela não lutou contra aqueles que estiveram antes dela.

Merkel deixou a posição de liderança do partido e a entregou a seus sucessores, e a Alemanha e seu povo alemão estão nas melhores condições.

A reação dos alemães foi sem precedentes na história do país.  Toda a população saiu de suas casas para suas varandas e espontaneamente torceu por ela por 6 minutos consecutivos.  Uma ovação de pé em todo o país.

A Alemanha despediu-se da sua líder, uma físico químico que não foi tentada pela moda ou pelo iluminismo e não comprou imóveis, carros, iates ou aviões particulares, sabendo que “ela é da antiga Alemanha Oriental.

Ela deixou seu cargo depois de posicionar a Alemanha no topo.  Ela foi embora e seus parentes não pediram mais.  Dezoito anos e nunca mudou de guarda-roupa.

Em uma entrevista coletiva, um repórter perguntou a Merkel: – Notamos que você está usando sempre o mesmo terno, não tem um diferente?  Ela prontamente respondeu: “Sou funcionária do governo e não modelo”

Em outra entrevista coletiva perguntaram-lhe: Você tem empregadas que limpam sua casa, preparam suas refeições, etc.?  Sua resposta foi: “Não, não tenho servos e não preciso deles. Meu marido e eu fazemos esse trabalho em casa todos os dias.

Em seguida, outro repórter perguntou: Quem lava a roupa, você ou seu marido?  Sua resposta: “Eu arrumo a roupa, e é meu marido que liga a máquina de lavar, e geralmente é à noite, porque a energia elétrica está mais disponível e não há pressão, e o mais importante é ter cuidado para não causar qualquer inconveniente para os vizinhos, felizmente, a parede que separa nosso apartamento dos vizinhos é grossa.  Ela disse a eles: “Eu esperava que vocês me perguntassem sobre os sucessos e fracassos de nosso trabalho no governo ??!!!”

A Sra. Merkel mora em um apartamento normal como qualquer outro cidadão.  “Ela já morava nesse apartamento antes de ser eleita Chanceler da Alemanha.  Ela não o trocou e não possui uma villa, empregados, piscinas ou jardins.”

Merkel, a agora ex-chanceler alemã, a engenheira da maior economia da Europa !!!”