Sheila

A prefeita de Vitória da Conquista, Sheila Lemos, vive um momento tranquilo, o que podemos chamar de “lua de mel”, com todos e com todas, como fala o professor Elias Dourado na abertura das suas falas. Tudo isso em razão das decisões que ela vem assumindo à frente do governo municipal, inclusive, deixando claro que o governante que queira lograr êxito “não deve querer agradar todo mundo”, observa-se que os atos da gestora têm contrariado setores do eleitorado que votou na chapa Herzem/Sheila, parece até repetir a insatisfação desses mesmos segmentos que não queriam admitir a presença de ACM Neto nas carreatas da chapa MDB/DEM. Só que as ruas pensavam diferente.

Sheila vem dialogando internamente com os seus colaboradores, seu staff dirigente, nem tanto partidário, mais administrativo. Numa reunião de secretários ela passou a ideia de como pretende governar, explicou aos presentes o resultado das viagens à Brasília e Salvador, mostrou que o seu governo será de diálogo com todas as forças, sem preconceito. “Meu candidato é ACM Neto, futuro governador da Bahia”, previne a prefeita, não obstante a tudo isso, 300 mil reais foram destinados à cultura atendendo pleito dos artistas que estiveram alicerçados pelos vereadores petistas Alexandre Xandó e Valdemir Dias. São ações como essa que indicam que Sheila não será indiferente aos adversários.

Dia 02 de junho a prefeita entrega a Estação de Transbordo Herzem Gusmão, ao tempo em que é escolhida como vice-presidente da região Nordeste da Federação Brasileira de Prefeitos.

Hoje conversaremos com a prefeita às 19h, na UP! 100.1, através do Agito Geral.