WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
sufotur secom bahia engenhar construtora PMVC vittasaude HSVP hospital sao vicente santa casa


junho 2024
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  
blog do marcelo

camara de vitoria da conquista

boulevard shopping

atlanta veiculos

unimed

pinheiro plantas

:: ‘Gusmão’

Eleições 2016: Herzem está na frente de Zé segundo nova pesquisa eleitoral; veja os números

14499033_1240560129327725_1304407316124139520_n

Por Agito Geral

Nessa quarta-feira (19), foi divulgada a pesquisa feita pelo Instituto Brasil e que mostra uma projeção do que seria o segundo turno das eleições em Vitória da Conquista, terceiro maior colégio eleitoral baiano.

A pesquisa registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número 07310/2016 indica a vitória do candidato Herzem Gusmão (PMDB).

Confira os números obtidos:

Na pesquisa espontânea, o peemedebista obteve 54,9% dos votos, contra 29% do petista Zé Raimundo. Já na espontânea com os votos válidos, Herzem obteve 65,44% contra 34,56% de Zé Raimundo.

Já na pesquisa estimulada, o peemedebista obteve 55,50% dos votos contra 29,50% de Zé Raimundo. Já com os votos válidos da estimulada, Herzem Gusmão obteve 65,29% dos votos contra 34,71% de Zé Raimundo.

Brancos e nulos somam quase 15%. A pesquisa ouviu 1.000 eleitores em um universo de 230.598 existente entre os dias 15 e 17 de outubro. A margem de erro é de 3,10%.

“Não vemos a administração municipal buscando novas alternativas para a cidade”, diz Edvaldo Ferreira

edferre

                                 Foto: Blog do Anderson

Edvaldo Ferreira, advogado, ex-vereador e ex-presidente da Câmara abriu as portas de sua casa para o Blog Do Massinha. No bate papo foram abordados assuntos como a conjuntura política atual do município, movimentação no tabuleiro entre partidos e pré-candidatos e a sucessão municipal que irá eleger o novo prefeito de Vitória da Conquista.

BM: É um motivo de alegria esse estágio que a política de Vitória da Conquista se encontra inclusive com uma possibilidade de mudança no governo municipal?

EF: Não resta dúvida de que nós estamos vivenciando um outro momento em Vitória da Conquista, claro que nesse primeiro momento os partidos procuram seu fortalecimento, mas a gente vai ter que chegar a um instante certo da convergência. Acredito que agora em 2016 por forças das circunstâncias das eleições vamos ter que um momento de pensar politicamente, não em termos de grupo ou sigla partidária, mas, sobretudo, pensar em Vitória da Conquista vislumbrando uma nova fase em sua história.

BM: Comenta-se em Vitória da Conquista que o Partido dos Trabalhadores (PT) e sua base aliada é um grupo que diverge, por vezes podem existir discussões e desentendimentos, mas, na hora em que é preciso eles se unem e partem para vitória. Como você vê essa situação? E as oposições com sinais de divisões como é que você analisa esse quadro?

EF: O sinal de divisão eu vejo na verdade na sigla lá do PT que já teve uma dissensão com uma candidatura posta com o um ex-aliado, o PCdoB, que já tem seu pré-candidato, então, acabo vendo desta forma.  A oposição em Vitória da Conquista tem que tomar juízo disso não resta dúvida alguma. Política só se faz crescendo e somando, a política quando divide fatalmente vai à derrota, pois, quando se soma temos pelo menos uma perspectiva de vitória. :: LEIA MAIS »

alessandro tibo


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia