WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia engenhar construtora PMVC vittasaude HSVP hospital sao vicente santa casa


maio 2024
D S T Q Q S S
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  
blog do marcelo

boulevar shopping

camara de vitoria da conquista

atlanta veiculos

unimed

pinheiro plantas

:: ‘Destaques’

Ainda desumanos


Por Edvaldo Paulo de Araújo

Há dias passados estava a tomar meu café da manhã(como chamamos) e no meu pequena prato tinha uma minúscula formiga a participar comigo da refeição. Em outros tempos agiria de forma diferente, mas hoje jamais faria mal aquele pequeno ser de Deus, como não o fiz.

Na minha casa tenho um lindo campo de futebol soçaite, gramado dos belos estádios do Brasil, o amigo Orlando que cuida de a mais de dez anos, chamou atenção pelo imenso formigueiro que tinha no canto, mim orientando para a compra de veneno para dizima-las. Mostrei a ele a beleza da união delas e o trabalho em equipe e que jamais as mataria nesse extermínio sem igual. Sinceramente, Deus mim deu essa consciência e não posso feri-la, de maneira nenhuma. Não tenho fazenda, não como carne vermelha, ninguém precisa morrer para eu viver.

Albert Schweitzer, no seu latente e grandioso humanismo disse em um dos seus discursos “O homem não será realmente ético, senão quando cumprir com a obrigação de ajudar toda a vida á qual possa  acudir, e quando evitar de causar prejuízo a nenhuma outra criatura”

Para estimular a leitura daqueles que nunca ouviram falar de Albert Schweitzer, antecipo dizendo que este grande homem foi Doutor em Filosofia, Doutor em Teologia, Doutor em Medicina (exercendo plenamente esses títulos como Filósofo, Teólogo e Médico), Músico internacionalmente reconhecido, Pastor Protestante, Professor Universitário, Erudito, Missionário, precursor da bioética, do trabalho humanitário e das atuais ONGs, Prêmio Nobel da Paz em 1952. O fato essencial que devemos reconhecer em nossas consciências que já deveríamos ter reconhecido a muito tempo é que estamos nos tornando desumanos, a medida que nos tornamos super-homens, a medida que aprendemos tolerar os fatos da guerra, onde homens são mortos em massa, algo como vinte milhões na segunda guerra mundial. Que cidades inteiras e seus habitantes são aniquilados pela bomba atômica, que homens são transformados em tochas humanas por bombas incendiarias, somos informados dessas coisas pelo radio ou pelos jornais e ai julgamos como sucesso para o grupo a que pertencemos ou para nossos inimigos. Quando admitirmos que esses  atos  sãoos resultados da conduta desumana, essa admissão seráacompanhada pelo pensamento que a guerra em si, não deixa opção  senão aceita-los. Ao nos resignarmos a esse destino, sem esboçarmos resistência ,estaremos sendo culpados de desumanidade. O que realmente importa é que devemos todos nos dar contas que somos culpados de desumanidade….

 Filho de uma proeminente família, Albert Schweitzer nasceu em Kaysersberg, na região da Alsácia-Lorena, em 14 de janeiro de 1875 e foi criado em Gunsbach, distante apenas 20Km, para onde mudou-se a família quando Albert ainda era um bebê. O pai, Louis, pastor luterano e professor, deveria atender àquela comunidade em suas funções. O avô e um tio foram prefeitos em comunas na região. A prima em primeiro grau, Anne Marie Schweitzer, casou-se com o oficial da marinha francesa Jean-Baptiste Sartre, sendo mãe de Jean-Paul Sartre.

Conta o próprio Albert Schweitzer que, aos vinte e um anos, deparou-se com a questão da escolha de sua carreira: músico, professor, teólogo? Meditou seriamente sobre essas palavras de Cristo: “Aquele a quem a vida cumulou de benefícios está obrigado a reparti-los em igual quantidade. Aquele que se vê livre de sofrimentos deverá contribuir para o alívio dos outros. Todos temos que carregar parte da carga de dor que pesa sobre a humanidade”. E assim firmou um pacto para consigo mesmo, de que iria dedicar-se à música, filosofia e teologia até os trintas anos. Após, renunciaria suas ambições pessoais para pôr-se à serviço da humanidade.

Todos os dias de nossas vidas vemos guerras, conflitos, assassinatos, políticos desonestos que roubam os recursos do povo, desconhecendo o nosso dever para com nossos irmãos. Não dá pra entender como o homem joga uma bomba em cima de seus irmos velhos, crianças, mulheres gravidas, como dizer que são humanos? Como dizer que acredita em um Deus, com essa desumanidade latente e perversa? :: LEIA MAIS »

Sheila Lemos é a primeira nas pesquisas. Quem seguirá na disputa, Waldenor ou Lúcia?

52% é um percentual significativo para quem começou em terceiro lugar, em possíveis pesquisas realizadas e não divulgadas, foram mantidas em gavetas, trancadas, sendo propagadas de boca a boca por simpatizantes de candidatos que estariam na frente.

Com o resultado dos números que apontam a prefeita Sheila Lemos na frente dos outros dois candidatos já em plena pré-campanha, que são o deputado federal Waldenor Pereira (PT) e a vereadora Lúcia Rocha (MDB), queremos saber quem irá para o segundo turno para disputar com a gestora do município o direito de administrar a nossa cidade a partir de 2025. Nonô ou Lúcia, quem seguirá disputando os votos dos conquistenses?

A estrutura partidária que alicerça Nonô dá-lhe uma certa tranquilidade em se manter no páreo, afinal, estamos falando do seu próprio partido, o PT, além de outras siglas a exemplo do PCdoB, PSB, PSD e PV, dentre outros. Do outro lado vem a vereadora Lúcia Rocha, com a estrutura do MDB estadual, quiçá do nacional, até porque os irmãos Vieira Lima, apoiadores da vereadora, não estão nessa luta de forma amistosa, eles almejam chegar ao poder em Vitória da Conquista e a parlamentar é o caminho. :: LEIA MAIS »

Opa!!! Vão chegar 7.800 doses de vacina contra dengue. A prefeitura terá até 30 de abril para aplicá-las.

Todo mundo lembra o que aconteceu durante a pandemia, foi um “Deus nos acuda”. Houve cidades que a população ficava entre um fogo cruzado, infelizmente, muitos gestores tentaram politizar a situação, o que foi muito ruim para a maioria da sociedade que não tinha capacidade de saber quem estava certo ou errado, só sabemos que foram tempos de terror, gente da pior espécie manipulando as pessoas mais simples, sem instrução, até mesmo muita gente esclarecida, mas que não tem nenhum conhecimento científico para saber o que fazer numa situação de calamidade pública, como foi o terrível caso da COVID-19.

Estaríamos vivendo o mesmo filme de tempos atrás quando a cidade ficou dividida ao meio? Não, cremos que não, mas temos ouvido rumores de que o governo estaria punindo Vitória da Conquista por questões políticas e não enviando vacinas para socorrer o nosso município que está apresentando o maior número de pessoas infectadas pelo mosquito da dengue. Ora, se somos o campeão de casos em todo o estado, por que não destinar as vacinas para o nosso município? Não podemos acreditar na teoria da conspiração, seria cruel brincar com vidas humanas, com certeza a prefeita Sheila e o secretário de Saúde Vinícius Rodrigues já teriam se pronunciado firmemente. :: LEIA MAIS »

Carlos Maciel Santos Luz, funcionário do Bradesco, partiu

É com extremo pesar que o Sindicato dos Bancários de Vitória da Conquista e Região comunica o falecimento do ex-funcionário do Bradesco, Carlos Maciel Santos Luz, aos 55 anos.

Natural de Caraguataí, distrito de Jussiape, Maciel atuou no banco por 20 anos, e era filiado ao Sindicato, até se aposentar em decorrência de lesão por esforço repetitivo (Ler). :: LEIA MAIS »

Feira de Bate Pé será construída depois 54 anos de espera, informa a prefeitura

A Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista volta as suas atenções para a zona rural, uma dívida histórica que todas as administrações deixaram de cumprir e a própria gestão da atual prefeita é cobrada.

Bate Pé sofre há 54 anos, onde os seus moradores padecem, expostos ao sol e à chuva, comercializando seus produtos na praça principal, como se fosse uma feira livre.

A resposta para essa demanda foi dada aos consumidores do distrito de Bate Pé. A prefeita Sheila Lemos visitou a localidade acompanhada de secretários e vereadores e anunciou a construção de uma Feira Livre coberta, confortável, dando dignidade aos comerciantes e à população, que a partir de hoje já podem conferir as máquinas trabalhando. :: LEIA MAIS »

Patrulha Solidária distribui 1.000 ovos de Páscoa em Vitória da Conquista

A Polícia Militar da Bahia (PM-BA), por meio da Patrulha Solidária do Comando de Policiamento da Região (CPR-Sudoeste), uniu forças com diversos segmentos sociais para realizar uma emocionante ação de solidariedade nesta Páscoa. 1.000 crianças em situação de vulnerabilidade social na cidade de Vitória da Conquista foram agraciadas com a doação dos ovos de Páscoa.

Sob o tema “Páscoa Encantada da Patrulha Solidária”, os policiais percorreram diversos bairros da cidade, acompanhados pelos mascotes da PM, do mascote do PROERD e dos adoráveis personagens do Circo 100 Lona. Com apresentações encantadoras, as crianças foram brindadas com momentos de alegria e diversão.

A distribuição das doações teve início no sábado, dia 30, alcançando crianças dos bairros Pedrinhas, Cruzeiro, Nova Esperança, Morada Nova e Lage Grande. :: LEIA MAIS »

V Semana Jornalismo Importa será em abril


Entre os dias 8 a 12 de abril, vai acontecer a V Semana Jornalismo Importa: Ensino, Mercado e Pesquisa, na Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb), em Vitória da Conquista. Além dos cinco simpósios com mesas redondas e dez oficinas, o evento terá a apresentação de trabalhos acadêmicos, e as inscrições estarão abertas até 30 de março na plataforma Even3.

De acordo com a professora Carmen Regina de Oliveira Carvalho, também coordenadora do curso de Jornalismo, a quinta edição da Semana Jornalismo Importa é o amadurecimento de um evento que tem como proposta fazer a aproximação entre o conhecimento acadêmico e o mercado e uma reflexão sobre a formação dos jornalistas na atualidade. “Ao longo dos anos, foi possível ir aperfeiçoando essa ação de extensão e, neste ano, quando o curso de Jornalismo da Uesb completa 26 anos, apresentamos uma projeto mais completo com debates de temas atuais sobre jornalismo, oficinas de interesses de estudantes e profissionais e a promoção do compartilhamento do conhecimento científico.

O evento terá cinco dias de duração, com cinco simpósios, sendo que em cada um haverá duas mesas redondas. No primeiro dia, 8 de abril, das 8h às 12h30, no Teatro Glauber Rocha, o Simpósio “Jornalismo como Forma de Transformação Social” abrirá os trabalhos, com as presidentas da Federação dos Jornalistas do Brasil (Fenaj) e da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo ( Abraji), respectivamente, Samira de Castro Cunha e Kátia Cilene Brembatti. Também estará na mesa o presidente da Sociedade Brasileira de Pesquisa em Jornalismo, Felipe Pontes, e o presidente do Sindicato dos Jornalistas da Bahia, Moacy Neves. Felipe Pontes ainda será responsável
pela conferência de abertura com o tema “}As transformação do Jornalismo na Atualidade”.

O segundo simpósio, dia 9 de abril, “O futuro do jornalismo será local”, terá a mesa Jornalismo Independente com a participação de Anderson Couto, da Agência Mural; Anderson Santana, jornalista da Paraíba, Vitóri Jumapili da Agência de Jornalismo; e Lucas Cavalcanti, da Agência Tatu. A mesa seguida, a partir das 10h30, haverá a mesa “Jornalismo Local” com Gabrielle Vilas Boas, do site Entre Becos; Tiago Marques,
Agência Sertão; Victória Lôbo, do site Conquista Repórter; e Leila Costa. No dia seguinte (10/04), acontecerá o simpósio “Ensino e Pesquisa em Jornalismo”, também com duas mesas, a primeira de “Ensino de Jornalismo” das 8h às 1oh, com os professores Flávia Mota (Uesb) e Marcelo Bronosky (UEPG). Já na segunda discussão o tema será o “Desenvolvimento das Pesquisas em Jornalismo”, com os professores Marcus Lima (Uesb) e Rafael Bellan (UFES). A partir desse dia, as atividades pela manhã serão no auditório do Cap (Centro de Aperfeioçamento) da instituição.

No penúltimo dia, 11 de abril, será a vez do simpósio “Combate à Desinformação e
Educação Midiática”. Na primeira mesa, a discussão versará sobre “Desinformação e
Plataforma de Redes Sociais”, com os professores Gilberto Scofield Jr, da UFRJ, e
Hayaldo Copque, da Uesb. Logo em seguida, haverá a mesa redonda “Checagem e Educação Midiática”, com a professora Marta Alencar (UFMA) e jornalista Victor Terra (Lupa). No quinto e último dia, (12/04), sexta-feira, o evento terá o simpósio Audiovisualidades, das 8h às 12h, tendo como convidados na mesa de abertura o documentariasta Nilmar Lage e a professora Claudiane Carvalho (UFBA). Em seguida, será realizada a mesa Multiplataformas, das 10h30 às 11h45, com o comunicador
Matheus Boa Sorte, do Canal Viajante, e a jornalista Natalie Pacheco, mestranda da
Fiocruz). O encerramento do evento será ao meio dia com atividades artísticas. :: LEIA MAIS »

Dudé comemora contas aprovadas pelo TCM sem ressalvas

O vereador Carlos Dudé, católico praticante, levantou cedo, “lavou o rosto”, tomou um gole de café e seguiu para a praça Sá Barreto, onde encontrou milhares de fiéis de todas as paróquias de Vitória da Conquista e juntos subiram a íngrime ladeira do Cruzeiro com destino ao Cristo fincado na Serra do Piripiri, uma obra do baiano Mário Cravo, com 33m de altura, simbolizando a idade de Jesus Cristo, o filho de Deus.

Dudé, como cristão, procura cumprir o seu mandato agindo corretamente, trabalhando pela população, fazendo justiça aos votos que recebera, se não me engano, por três vezes consecutivas, o que fez dele um vereador de destaque junto aos seus pares, e por sê-lo tornou-se presidente da Câmara em duas oportunidades.

Dudé estava bastante feliz por ser julgado pelo TCM e ter as contas aprovadas por unanimidade, sem ressalvas, durante o ano de 2022. :: LEIA MAIS »

Deputado Waldenor sobre a duplicação da Rio Bahia: “prezado Massinha, essa pauta é prioritária para o nosso mandato!”

Já sabemos que a duplicação da Rio Bahia é uma novela de vários capítulos, intermináveis, e parece que não findará nunca, principalmente se a principal vilã, a Via Bahia, não for punida.

Na quinta-feira, 28, em mais uma das suas mensagens de esperança de que um dia o pleito de todos nós será atendido, Zé Maria Caires, do Duplica Sudoeste, trouxe um alento, no qual ele diz: “está muito próximo de um acordo. Irá para o Senado o julgamento, assim que aquela Casa votar e aprovar, as obras começarão em junho, portanto, procure os senadores que você conhece, pede pra eles votarem”.

Assim que li a mensagem, entrei em contato com deputado Waldenor Pereira e falei da importância dessa obra para toda região sudoeste: “Nonô, meu amigo, veja a importância que representa a duplicação da Rio Bahia para nossa cidade e toda região sudoeste. Você como bom articulador, procure os senadores Wagner, Otto e Angelo Coronel, todos da base do governador Jerônimo Rodrigues, converse com os três, que por sua vez buscarão apoio aos seus colegas no Senado. Deputado, esse é o momento oportuno. No mesmo dia o deputado Waldenor nos respondeu, destacando que a duplicação da Rio Bahia é uma das prioridades do seu mandato, cuja resposta publicamos a seguir: :: LEIA MAIS »

Partiu uma lenda da cultura baiana, Carlos Limongi, que foi esquecido pelos pseudo idealistas

Uma das figuras mais emblemáticas da nossa cultura, um andarilho, perambulava pelas ruas de Conquita tendo ao lado um alforge, onde levava cds de grandes nomes da nossa música que a grande música não mostra, infelizmente.

Um nômade? Sim, isso mesmo, corria trecho, andava pelas ruas da cidade, não em busca de reconhecimento, era o prazer que tinha em pisar no chão que deixou sua marca nos tempos que aqui morou. Limongi, querido, você juntou Elomar, Xangai, Vital Farias e Geraldo Azevedo, e o quarteto encantou o Brasil em suas apresentações. Eu o via adentrando o Centro de Cultura, entrava, saia, sempre com o seu alforge, ou embornal, carregado de cds de artistas consagrados ou emergentes que ninguém ouve nas rádios. Talvez, caro amigo, você ia ao Centro de Cultura em busca de uma pauta que nunca conseguiu.

Você fez a sua parte, Limongi, você cumpriu com o seu mister, não sei se os seus conterrâneos, parceiros de andanças, lhe foram recíprocos. :: LEIA MAIS »

alessandro tibo


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia