WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
fib festival de inverno bahia secom bahia engenhar construtora vittasaude HSVP hospital sao vicente santa casa


junho 2024
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  
blog do marcelo

boulevard shopping

unimed

pinheiro plantas

:: 18/jun/2024 . 0:30

Três mulheres abrem o Arraiá da Conquista no Glauber Rocha: Elba Ramalho, Robertinha e Ive Moraes. É um trio feminino, Sim, Sinhô!


Pode ter sido proposital, ou não, não importa. Só perguntando ao secretário de Cultura, Xangai, ou ao coordenador Alexandre, pode ser uma homenagem à prefeita Sheila. Só sei que a voz feminina vai ecoar fortemente nessa primeira noite de São João no Centro Cultural Glauber Rocha. De qualquer sorte, está mais do que evidente que a mulher ganha espaço em todos os segmentos da nossa sociedade. Nesse caso específico, a figura do “sexo frágil”, como diria o saudoso Erasmo Carlos em uma de suas belas canções, prova de forma inquestionável que esse tempo já passou, já ficou para trás. Hoje está tudo, ou quase tudo, nivelado, e as mulheres ganharam o direito de disputar com os homens posições jamais imaginadas, especialmente na música.

E é dentro desse contexto que Elba Ramalho, Robertinha e Ive Moraes assumem o comando dessa primeira noite de forró no Arraiá da Conquista, um São João que promete ser o melhor da cidade em toda sua história. A prefeita Sheila entende que a cidade merece uma festa de qualidade, segura e com grandes atrações. :: LEIA MAIS »

American Park será a próxima atração do Boulevard Shopping. Já está quase tudo pronto.


O Boulevard Shopping, além de ser um extraordinário equipamento comercial, belíssimo, de arquitetura suntuosa, se constitui em uma opção de lazer para os nossos filhos e para toda a família. Sempre há uma novidade a cada mês, seja no corredor principal, com brinquedos variados, ou no estacionamento, como é o caso agora da instalação do American Park, um equipamento que se apresenta por todo o Nordeste e que já é um parceiro do Boulevard.

Comece a se programar, será uma ótima opção para você e seus filhos se divertirem com qualidade e segurança.

 

O charme das cafeterias em Conquista! Sempre acreditei que nossa cidade se tornaria um destino turístico e gastronômico.


Assim que assumi meu mandato de vereador, em 1983, pedi uma reunião com o então prefeito Jota Pedral, do qual era líder na Câmara, e levei uma série de sugestões viáveis que nos tornariam uma cidade referência, aproveitando nosso próprio perfil. Apenas dependíamos de políticas públicas, já que o nosso potencial era natural e evidente. Pedral era um líder inconteste, mas não era autoritário, sabia ouvir e discordar também. Seria preciso muito argumento para convencê-lo de algo em que ele não acreditava, mas ele discutia e colocava em votação quando as reuniões tinham a participação de mais pessoas.

O que eu propunha ao conquistense que acabara de ser eleito prefeito da sua terra, ele que fora deposto do cargo depois de se eleger com o voto popular em 1964? Foram três coisas em que sempre acreditei, e não era devaneio:

1) Conquista tem força para se tornar uma cidade olímpica;

2) Conquista tem força para se tornar uma cidade turística;

3) Conquista tem força para se tornar uma cidade gastronômica. :: LEIA MAIS »

A Vila Junina do Boulevard está linda como o “Céu Estrelado”! Sempre de quinta-feira a domingo, no final da tarde.


Para quem gosta dos festejos juninos, de um bom forró pé de serra, de comida e bebida típicas, tudo isso em um ambiente seguro e aconchegante, não perca tempo, corra para o Boulevard Shopping e viva um ambiente festivo, como se estivesse em uma cidadezinha do interior.

Não esqueça, de quinta a domingo, no final de tarde, tem forró ao vivo, muito quentão, mingau, canjica, amendoim e maçã do amor.

A solidão da dor!


Autor Edvaldo Paulo de Araújo

 

Durante a minha vida, passei por muitas e muitas dores alucinantes. Quantas vezes, pelas ruas de minha cidade, noites de neblinas,  a chuva no meu rosto fundiu com minhas lágrimas? . Sentia-me  absolutamente sozinho, sem amparo, sem palavras de consolo e lutava com o remédio da oração, para acalmar meu coração. Tantas vezes….

Casei, fiz uma família e esses estados minoraram, as dores foram mais aliviadas pelo aconchego dos meus, mas sempre a mesma constatação: a solidão da sua dor.

Ano passado, num pedal fatídico, estava com o meu melhor amigo, Onildo Oliveira Filho, que, no retorno, depois de 17km pedalando, veio a sentir-se mal. Mesmo com os meus cuidados, veio a falecer nos meus braços. Estabeleceu -se, por algum tempo, a esperança de que ele se restabelecesse, mas aconteceu e tinha acontecido no fatídico momento a sua morte. Foi uma dor dilacerante.

É uma grande dor. Durante um bom tempo, o sofrimento da sua perda, a lembrança do momento, a insistência dele naquele dia para pedalar, ficaram impregnados em mim, num sofrimento sem fim.

Refugiei-me em orações, buscando ajuda dos espíritos de luz, guiados pelo amor de Jesus, mas me veio aconstatação de como a dor é solitária, como ela está tão dentro de nós, de como ela fica impregnada no nosso ser, numa solidão sem fim. Por mais que tenhamos amparo, mas há os momentos sozinhos e aí ela aflora e vem a mais ampla e torturante solidão dessa dor.

O que fazer? Diz André Luiz: “Não permita que a dificuldade lhe abra a porta ao desânimo, porque a dificuldade é o meio de que a vida se vale para melhorar-nos em habilidade e resistência”. Não há como fugir, se acalmar, orar e ter a certeza ligada totalmente, a esperança de que vai passar, de que faz parte do viver nesse planeta, que essas alternativas são para aprimorar nossa resistência como diz nosso amado André Luiz.

A fé é o remédio seguro do sofrimento; mostra sempre os horizontes do infinito diante dos quais se esvaem os poucos dias brumosos do presente. Não nos pergunteis, portanto, qual o remédio para curar tal úlcera ou tal chaga ou a solidão da sua dor. Lembrai-vos de que aquele que crê é forte pelo remédio da fé. Não sufoque a sua dor, compartilhe, busque ajuda, mas saiba ela é sua e só você vai sair dela.

Pierre Teilhard de Chardin, Jesuíta, paleontólogo, antropólogo francês, que viveu entre 1881 e 1955, autor do conhecimento do livro O FENÔMENO HUMANO, dividiu os homens em três categorias: :: LEIA MAIS »

alessandro tibo


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia