WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia engenhar construtora PMVC vittasaude HSVP hospital sao vicente santa casa


abril 2024
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  
blog do marcelo

boulevar shopping

camara de vitoria da conquista

atlanta veiculos

unimed

pinheiro plantas

:: 10/abr/2024 . 16:11

Miconquista 2024: a cidade espera com expectativa a grande festa de axé que reunirá Ivete, Timbalada e Pierre, 19/4, e Bell, Babado e Jau, 20/4.

Nos próximos dias 19 e 20 realizaremos aqui em Vitória da Conquista uma das mais extraordinárias festas de rua, podemos até dizer do nordeste brasileiro.

Foi a nossa micareta, a Miconquista, que foi o abre-alas para as grandes micaretas, carnavais fora de época, que o Brasil passou a degustar, seja nas cidades do interior da Bahia ou do interior de Minas, que foram os primeiros municípios a aderirem a essa festa fantástica, que é a festa do trio elétrico e que começou na capital do estado da Bahia, Salvador. Essa querida cidade descoberta por Tomé de Sousa.

A Bahia respira cultura, todos os segmentos culturais estão dentro da nossa terra e de forma diferente. Nós temos uma gastronomia incomparável, o mundo vem para aqui para desfrutar da nossa gastronomia, para desfrutar das belezas naturais, para ouvir Caetano, Bethânia, Gilberto Gil, Bell Marques, Ivete Sangalo, Saulo, Timbalada, Cláudia Leitte, Jau, Durval Lellys, Pierre Onassis e uma série de artistas que fazem sucesso pelo país e pelo mundo afora. Nós temos o pagode de Léo Santana, nós temos o pagode do Harmonia, do É o Tchan, nós temos muita gente boa espalhada por aí, inclusive o elétrico Tomate. A Bahia é rica, e a micareta, sem dúvida alguma, foi uma invenção que só poderia partir através do baiano.

A nossa micareta, a Miconquista, que começou em 89 e foi crescendo e avançando, ganhou o país inteiro com os canais de televisão, notadamente destacando a Rede Globo com seus principais programas de jornalismo e de entretenimento, que faziam flashs direto da Pracinha do Gil, da Bartolomeu, ao longo de um percurso quilométrico que compreendia o Centro de Cultura, se prolongava pela Siqueira Campos, descia pela Avenida Otávio Santos, cruzava a Bartolomeu e até o Samu retornava, subia pela Ascendino Mello, São Geraldo, voltava pela Vivaldo Mendes e encerrava de forma apoteótica na Pracinha do Gil. :: LEIA MAIS »

alessandro tibo


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia