WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


julho 2019
D S T Q Q S S
« jun    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

camara vitoria da conquista cicatriza

:: ‘Política’

Comandante Rangel na mesa com Bolsonaro

E4A8CE61-569B-4E77-BA15-2D13417893B2

Kleber Rangel, o Comandante, como é chamado no meio empresarial devido aos seus negócios no ramo de pequenas aeronaves com fábrica montada na cidade de Barreiras, no oeste baiano, não parou depois das eleições que elegeram o Jair Bolsonaro como presidente da República.

CE5AC35C-E531-4E44-AD57-8F0D53B39316

:: LEIA MAIS »

Nonô: “eu, Guilherme e Zé é um bom dilema

66A53D21-4F61-4194-B31B-B64175627A0D

Ao entrevistar o deputado Waldenor Pereira na última sexta-feira no nosso programa Agito Geral, levado ao ar às 19h na Transamérica 100,1, ele recorreu a uma máxima do futebol quando o treinador de um time tem vários jogadores para escalar na mesma posição às vésperas de um clássico: “é um bom dilema, por sinal. Os companheiros Zé Raimundo e Guilherme Menezes já governaram a cidade de maneira exitosa, portanto compor essa lista de nomes muito me honra. Temos discutido internamente e vamos continuar as nossas conversas. A democracia dá o direito ao povo de escolher os seus governantes e o conquistense escolheu o prefeito Herzem Gusmão, e respeitamos a vontade popular”, afirmou o deputado que me respondeu ao lhe indagar sobre a possibilidade de enfrentar o prefeito emedebista em 2020. :: LEIA MAIS »

Arlindo Rebouças (Incra) reuniu com representantes de Bolsonaro

8F0688D3-A0D3-411B-A51B-8A73B5FC6C9A

Ainda faltam dois anos para as eleições municipais, mas todas as representações políticas de Vitória da Conquista estão se movimentando, articulando, criando situações para conduzir o processo eleitoral dentro de uma lógica de unidade, evitando uma dispersão que poderá queimar a imagem se a performance de cada um não conseguir atrair os olhares da população. A unidade tem sido o tom das conversas dentro dos vários grupos que compõem o tabuleiro político da nossa cidade.

O Coordenador Regional do Incra, Arlindo Rebouças, esteve discutindo a sucessão municipal com representantes do movimento que apoiou o presidente Jair Bolsonaro ao cargo de presidente do Brasil. É provável que os apoiadores do presidente eleito chegarão a um acordo e selarão a unidade entre as forças que faz parte da bandeira 17.

O Novo conseguiu uma novidade: o público foi porque quis

5B9F7504-71C1-41F5-8D6C-AFF08C38D38E

Não se trata de não reconhecer a importância dos partidos tradicionais na vida politica do país, não destacar a militância apaixonada de muitas siglas, seria muita falta de honestidade com a maioria delas. Os novos tempos da política nacional enseja novidades como, por exemplo, o surgimento de jovens assumindo a condição de militantes de direita e a maioria expondo deliberadamente as suas convicções liberais.

Ontem o auditório da Fainor foi tomado por mais de cem pessoas, dentre elas advogados, empresários, estudantes e jovens estudantes que deixaram suas obrigações e foram ouvir as propostas do Partido Novo, o mesmo que colocou na tela o empresário Amoedo, dando-lhe destaque e também uma honrosa colocação na disputa pela presidência da República. Amoedo conseguiu chegar à frente de Marina, a candidata da Rede que alcançou o 6º lugar, e o candidato que doou do seu próprio bolso quatro milhões e meio para o seu partido, ostenta um 5º lugar que surpreendeu muita gente. Aliás, um item que vem atraindo muita gente para o Novo é constar no seu regulamento a não utilização de verba pública. Abra mão dessa prerrogativa, tenha ojeriza a essa prática nociva se quiser disputar um cargo eletivo pelo Novo. Dispense também as verbas de gabinete, esqueça o auxílio paletó. Nem pense em perpetuar no cargo. Você só terá direito a uma reeleição. Quem topar, faça sua inscrição, e se for ficha limpa e passar por uma avaliação qualitativa, poderá pedir votos para si nas eleições de 2020. :: LEIA MAIS »

O NOVO chegou

BC824AB5-60E3-49DE-B8FF-E377590757C1

Recebemos do núcleo que está a frente do Partido Novo em Vitória da Conquista a nota a seguir após realização do evento na noite de ontem na Fainor:

Ontem no auditório da Fainor, o partido Novo realizou um evento de apresentação de seu núcleo municipal. O presidente estadual do partido, Gabriel Venturoli, explanou a história de criação do partido, seus valores e metas, os resultados eleitorais já conseguidos e a participação no processo eleitoral de 2020.

Na plateia, cerca de cem pessoas, de várias áreas profissionais, que deixaram seus afazeres para participar de um evento promovido por um partido político, o que demonstra que os cidadãos estão procurando por alternativas aos atuais grupos que sempre dominaram a política brasileira. :: LEIA MAIS »

Partido Novo promove encontro na Fainor

86976ECD-44FF-4D06-A955-F442AA46CA16

Um grupo de personalidades de Vitória da Conquista está convidando os interessados em conhecer as propostas da agremiação partidária que vem despertando a atenção de empresários, estudantes e profissionais liberais que desejam participar da política e influenciar na vida e nos destinos do país.

Aqui em nossa cidade o número de simpatizantes já é muito grande, daí o núcleo que é responsável pela implantação da sigla na nossa região organizou um encontro para às 19h de hoje na Fainor, onde um representante estadual fará algumas considerações mostrando a origem e os princípios do partido que levou o seu principal artifíce em nível nacional, João Amoedo, a um honroso quinto lugar na disputa pela presidência da República.

O grupo esteve no nosso programa Agito Geral e levou uma mensagem de que o momento é muito propício para que o Novo comece a escrever a sua história no cenário político da capital do sudoeste da Bahia.

Grupos disputam o comando da bandeira de Bolsonaro em Conquista. Ou disputavam.

5FE1943E-68A3-4D87-9BE6-F4429866F4C8

Parece que chega ao fim a disputa para conduzir o PSL em Conquista, partido que conduziu o presidente Jair Bolsonaro à presidência da República. Apenas uma formalidade, as regras eleitorais vigentes no Brasil só permitem ao cidadão disputar o voto popular se ele estiver inscrito em uma sigla partidária. Foi o que aconteceu com Bolsonaro. Só que o capitão do exército seria eleito por qualquer partido, ele era muito mais forte que qualquer agremiação partidária.

Aqui em Vitória da Conquista um grupo de jovens levantou a bandeira do presidenciável Jair Bolsonaro sem nenhum compromisso partidário. Foram ao nosso programa Agito Geral ainda quando a candidatura do deputado pelo Rio de Janeiro era vista com certo preconceito, muita gente não levava a sério, não punha fé. :: LEIA MAIS »

Zé Raimundo se esquiva, mas montará no cavalo se for o caso

Zé Raimundo

O deputado José Raimundo Fontes, ex-prefeito de Vitória da Conquista, é um dos prováveis candidatos à sucessão do prefeito Herzem Gusmão. Isso na ótica do eleitor que opta sempre em votar no campo da centro esquerda.

Zé saiu de uma disputa vitoriosa, conseguiu em Conquista mais de 30 mil votos dentro da centena e mais alguns que conseguiu em todo o estado para a eleição à Assembleia Legislativa.

Já pra mim ele se externou um pouco diferente, quase resignado: “eu acho que precisa dar uma renovada interna, já demos nossa colaboração, eu e Guilherme. :: LEIA MAIS »

Herzem é reconhecido como candidato natural, inclusive pelos adversários

Herzem

“Você está vendo, ele está trabalhando tranquilo, sem nenhuma interferência nossa. Nem eu, nem Nonô, nem Guilherme, estamos interferindo no seu governo, deixe a população julgar. Eu respeito a vontade do eleitor”, disse o deputado Zé Raimundo sobre a gestão do prefeito Herzem Gusmão. “Ele é candidato a reeleição, não tenho dúvidas”, completou o professor e historiador que também tem o seu nome no tabuleiro da sucessão municipal.

Como num jogo de futebol onde a torcida local vaia o time visitante em qualquer situação. Pegou na bola, tome-lhe gritos, xingamentos, não tem tréguas, critique tudo, até os acertos. Foi assim o início do governo do emedebista, não apenas por parte da torcida adversária, nas arquibancadas ouviam-se murmúrios de torcedores insatisfeitos, até porque não viram os seus jogadores preferidos escalados. Alguns até queriam jogar. O tempo vai passando, as jogadas acontecendo, o time se encontra em campo e vai recebendo os aplausos dos torcedores e também o reconhecimento dos adversários. De forma discreta, claro. “Quem quiser que pense que o governo está morto, a gente só ganha se estivermos todos unidos”, me afirmaram dois ex-secretários do prefeito Guilherme, além de um dirigente petista. :: LEIA MAIS »

Salomão alimenta o sonho de ser prefeito da cidade

Davi Salomão

Depois de conseguir uma expressiva votação na última eleição à Câmara Federal, o vereador Davi Salomão alimenta a possibilidade de alçar voos mais altos e imagina colocar o seu nome na disputa pela prefeitura de Conquista nas eleições municipais de 2020.

Já afirmara um sábio político mineiro que “política é como nuvem, muda de lugar a qualquer instante”, e o iluminado tem razão, a tragetória do edil conquistense retrata isso.

Tempos atrás o então policial militar foi um dos ativos participantes de uma rebelião da categoria que culminou em cenas que trouxe pavor para a sociedade baiana. Salomão foi o protagonista do movimento policial aqui em Conquista que teve como líder principal no estado o Sargento Prisco. A legitimidade ou não do insurgimento militar, sinceramente, não tenho como me posicionar. Salomão ganhou notoriedade. :: LEIA MAIS »

alessandro tibo
blog do marcelo


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia