WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


junho 2019
D S T Q Q S S
« mai    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

pmvc camara vitoria da conquista cicatriza

:: ‘Esportes’

Ilhéus: Grupo de Bike Pedal Cansado

AFBBFFC5-BBB9-4548-977E-7DD4101BEB5DL0001--IMG_6130.PNG

Um grupo de sessenta amigos aproveitaram o Dia Nacional do Ciclista, que tem como data o dia 19 de agosto, e comemoraram os 66 anos de idade de Pingo, um dos participantes, e realizaram um passeio ciclístico percorrendo 88km de Ilhéus a Serra Grande, num cenário lindo e paradisíaco.
Claro, não poderia faltar o bolo e a feijoada mais gostosa da região, a do Sodré. Jorge Luiz, presidente do grupo, no início da noite de ontem, cansado, afônico, mas realizado, agradeceu todo apoio recebido por parte das empresas colaboradoras. :: LEIA MAIS »

Rodrigo Minotauro realiza aulão no Rio

IMG_5643

No último sábado, no Rio de Janeiro, o conquistense Rodrigo Minotauro esteve a frente de atividades esportivas em comemoração ao 1º ano da realização dos Jogos Olímpicos.
Na Arena 1 do Parque Olímpico, Rodrigo, que é embaixador do UFC, organizou um aulão para mais de 400 crianças e jovens dos institutos sociais e ensino público do Rio. “Alguns dos atletas do UFC engajados com o social participaram dessa grande aula mostrando as suas técnicas nessa ação social. Vitor Miranda, Alexandre Pantoja, Alã Nuguete, Tiago Marreta, Poliana Botelho e Jessica Andrade estavam presentes nesta ação”, disse Rodrigo. :: LEIA MAIS »

Atletas dão show no Agito Geral

IMG_5463

O programa Agito Geral foi palco de uma entrevista recheada de boas notícias, medalhas e otimismo. O projeto Instituto Social Vivendo e Aprendendo foi fundado em 1982, mas pouca gente sabe o quanto ele é importante na vida de jovens da periferia da cidade que sonham em vencer na vida e ser felizes.
Estudam em escolas públicas com as limitações de ensino impostas pelas autoridades de todos os níveis nas escalas de governo e seguem em frente graças a entrega de professores que vêem na educação a única saída para a transformação da sociedade. Andressa, jovem resignada, é a coordenadora do Instituto e conta com a participação do Padre Daniel e mais ainda, com o apoio incondicional dos empresários da nossa cidade que possibilitam o existir do projeto. Ontem três empresários que ajudam nas atividades do Vivendo e Aprendendo compareceram ao programa Agito Geral onde se emocionaram e viram de perto que os jovens só precisam de oportunidade para vencer na vida. :: LEIA MAIS »

Rugby: sucesso no Lomantão – Ymborés vence Itabuna

A9DE64DE-B67F-487C-9795-E5850A8A1BC8L0001--IMG_4365.JPG

Conforme me relataram em entrevista na última terça-feira no programa Agito Geral na Clube FM, os praticantes do Rugby em Vitória da Conquista deram uma demonstração que o esporte vai colaborar e muito na formação dos jovens da nossa cidade. Falamos isso devido ao espírito de disciplina e solidariedade que o esporte apregoa. Não vimos ali imagens de seminaristas, perfil da juventude que já nos passa uma ideia de paz e bom comportamento. Os atletas e colaboradores são figuras comuns que vemos pelas ruas da cidade e principalmente nas academias em busca de uma vida saudável. O placar elástico de 77 x 0 favorável ao Ymbores da nossa cidade contra a equipe de Itabuna não reflete como o principal item da competição realizada na tarde de ontem no Lomantão, mas todos os atletas serem responsáveis pela retirada de todo o material utilizado dentro do gramado e também pelo asseio dos banheiros e sanitários. Portanto, um belo exemplo.
A repórter esportiva Luciana Flores fez o registro fotográfico do evento que contou com a presença do prefeito Herzem Gusmão, acompanhado do presidente da Emurc, Marcelo Guerra, e do coordenador de Esportes Jaldo Mendes.

Sábado tem rugby no Lomantão: Conquista x Itabuna

C12F0C55-0F72-4ED6-9D32-4D5524715D5CL0001--IMG_4271.JPG

Ontem no programa Agito Geral, apresentado de segunda à sexta na Clube FM, recebemos para uma entrevista quatro praticantes de mais uma modalidade que ganha adeptos em Vitória da Conquista, o Rugby.
O esporte é antigo, chegou ao Brasil quase na mesma época do futebol. O rugby não é apenas um esporte com regras, é uma filosofia de vida, onde a disciplina e os valores familiares são metas.
Sábado o Lomantão abre as suas portas às 15 horas para você conhecer com mais detalhes uma competição válida pelo Campeonato Baiano envolvendo Conquista x Itabuna. Veja os detalhes no texto a seguir:

7D6706ED-4715-464E-90F1-090ED918BA78L0001--IMG_4272.JPG

:: LEIA MAIS »

Você quer assistir Juventus e Real Madrid? Leia a matéria completa

EE68A365-DA8D-43EF-A4AB-517993E89D44L0001--IMG_4084.JPG

No próximo domingo, 11, o povoado de Barrocas vai receber a versão rural da famosa Liga dos Campeões da UEFA: os times femininos do campeonato da zona rural Real Madrid e Juventus irão se enfrentar numa partida que promete muitas emoções. O campo é de terra, o ambiente é rústico e bem diferente da estrutura luxuosa dos duelos europeus, mas a garra das equipes vai garantir o espetáculo. Que tal assistir à essa versão da Liga? O jogo começa às 9h da manhã.

Árbitro Marielson e sua história de vida. Do sonho de criança ao Melhor Árbitro Baiano em 2017

IMG_3242

Por Luciana Flores

O árbitro conquistense Marielson Alves Silva, 34 anos, acaba de receber um prêmio de melhor árbitro do Baianão de 2017. A tarde de hoje foi cheia de compromissos com a imprensa. Eu o acompanhei e também conversei com ele para saber um pouco mais sobre sua carreira e vida pessoal. Confira:

LF: Marielson, como começou a sua carreira no futebol? Você era jogador e se tornou árbitro ou já começou na arbitragem?

Marielson: Eu comecei com 13 anos de idade. Meu sonho era ser jogador de futebol, então eu treinava na escolinha do meu pai. Nessa escolinha meu pai criou diversas categorias e meus irmãos mais novos jogavam, assim logo começaram a aparecer muitos garotos para jogar também. Com isso, meu pai não tinha condições de treinar e apitar e um dia ele me passou o apito e disse para eu apitar enquanto ele organizava o lado de fora. Depois disso eu comecei a apitar outros treinos, sempre chegava mais cedo para ajuda-lo. Um dia tinha poucos garotos e ele pegou o apito para apitar o jogo, foi quando um dos jogadores, um dos mais problemáticos, disse a ele que me deixasse apitar ao invés dele. Meu pai se espantou, não disse nada, me entregou o apito, mas ficou refletindo sobre o porquê daquele pedido. Eu apitei ainda sem noção de regras ou do gestual, mas tinha facilidade de estar próximo aos lances. Isso chamou atenção do meu pai e conversando comigo me disse sobre a arbitragem ser uma profissão e me perguntou se eu realmente gostava. Como respondi de forma positiva, quando ele marcava amistosos da escolinha eu levava dois uniformes, o de jogador e também o de árbitro. O primeiro jogo era dos que chamávamos de Fraldinhas que era o que sempre eu apitava. Chegando lá tinham sempre os árbitros de beira de campo que apitavam e às vezes por algum problema acontecia alguma confusão ou o árbitro não estava dando certo e meu pai, procurava o organizador do evento e dizia que ele tinha um árbitro que podia ajudar, mas que era seu filho. Mesmo com as brincadeiras geradas, as pessoas me davam a chance, até mesmo porque meu pai dizia que se não desse certo ele seria o primeiro a me tirar do campo. Aconteceu que o pessoal gostou e queria que eu apitasse a outra categoria. Não aceitei porque era uma categoria de jogadores mais velhos e eu não estava preparado. E assim comecei. Tinham os amistosos e campeonatos de escolas com os Fraldinhas e o organizador que tinha me visto apitando, sempre me chamava. Em 98 eu fiz o curso pela Liga aqui em Conquista e em 2002 a Federação já estava acompanhando meu trabalho e me convidou para fazer o curso em Salvador. Eu fiquei lá por 1 ano e retornei em seguida.

LF: Onde era a escolinha do seu pai?

Marielson: Era aqui em Conquista mesmo. Chamava Escolinha Nova Geração, depois passou a ser Vila da Conquista e integrou ao time do Vila passando a ser a divisão de base do time do Vila da Conquista. Então minha carreira iniciou assim, no campo da Ester, campo do Bairro Brasil, Urbis VI e outros. :: LEIA MAIS »

“Belo Campo e Tremedal estão invadindo a zona rural”

IMG_3161
Essa discussão é antiga. Vem da década de 80. Lutamos contra essa realidade. Mas não sabíamos que chegou a tanto. A “briga” era apenas contra a invasão dos jogadores da zona urbana de Vitória da Conquista ao campeonato da zona rural.
Na decisão do campeonato de futebol feminino da cidade, no Estádio Edvaldo Flores, conversei com Antônio Pina sobre isso. Pina, a decisão do evento, a final, deve ser nos povoados no sistema de “vai e volta”, prestigiando assim as duas torcidas locais, falei a ele, no que ele respondeu: “mas tudo que é decidido, é definido em reunião”. E Pina disse a verdade. Essa conversa foi sobre o Campeonato da Zuna Rural de Futebol Amador.
O problema é que muitos dirigentes das equipes da Zona Rural nasceram lá e migraram pra cidade ou são mesmo da sede do município e vão ajudar na construção das equipes dos distritos. Este é o grande problema. Os interesses passam a ser outros. Daí, muitas vezes, a decisão em assembleia para decidir o Campeonato no Estádio Edvaldo Flores.

xxxxxxxxxxx :: LEIA MAIS »

Vitória mantém a freguesia e é campeão invicto

IMG_3132
Foi assim em 2005, o Leão da Barra sagrou-se campeão baiano de forma invicta alegrando sua imensa torcida. Depois de 12 anos, a equipe que já teve Osni, Mário Sérgio, André Catimba e os conquistenses Denilson, Leandro Domingues e o goleiro Denílson Barreto como ídolos, volta a conquistar do mesmo modo o título de bi-campeão em cima do seu principal rival, o Bahia. Ontem com o Barradão completamente lotado, o torcedor do clube que nasceu no bairro da Graça em Salvador, cantou muito e vibrou depois que o juiz decretou o final do jogo, cujo resultado de 0 x 0 favorecia a equipe da casa, já que no prélio anterior realizado na Arena Fonte Nova os dois times empataram em 1 x 1.
A equipe do Bahia, que já contou também com dois conquistenses no seu elenco, Piolho e Claudir, vem se acostumando com as derrotas e permite que o Vitória consolide o crescimento da sua torcida na capital, como também assiste a preferência dos torcedores do interior pelo clube que tem em Ivete Sangalo a sua torcedora símbolo. :: LEIA MAIS »

Flamengo é campeão, mas o Fluminense valorizou a vitória

Flamengo x Fluminense  Celso Pupo / Fotoarena

Flamengo x Fluminense
Celso Pupo / Fotoarena

Não se discute a grandeza do Flamengo. A torcida é o seu principal jogador. É uma massa enfurecida que empurra o seu time pra frente e busca resultados quase que impossíveis de ser alcançados.
Ontem, por exemplo, o Fluminense já tinha como certo o título, foi o que estava desenhado desde os primeiros momentos do jogo.
A garotada do Flu foi superior durante todo o jogo, fez 1 x 0 e poderia ter matado o jogo fazendo mais um e teve chances para isso, mas a supremacia em campo não poderia jamais vacilar para uma equipe invicta durante o campeonato e que tinha em campo um jogador chamado Guerreiro, que é artilheiro, soa a camisa até o fim. E Guerreiro como um bravo lutador não se importa de usar uma arma indevida para chegar ao gol adversário. :: LEIA MAIS »

alessandro tibo
blog do marcelo


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia