176

Continuam sendo motivos de exploração política nas redes sociais os problemas que o transporte coletivo apresentam em Vitória da Conquista. A situação deixa em dúvida a população que depende desse item tão importante no seu dia a dia.
Com a proximidade da eleição, cada vez mais a situação piora no meio desse turbilhão de versões e argumentos apresentados pelos adversários do prefeito e também pelas defesas veiculadas em vídeo gravado pelo gestor municipal. “O prefeito pagará dos cofres públicos R$15 milhões à empresa de ônibus ligada ao seu grupo político”, afirmam os opositores. A ideia que passa é que o dinheiro sairá do cofre público, tornando um grande prejuízo para o tesouro municipal.
Preocupado com a repercussão da notícia, o gestor evidencia na gravação do vídeo que “o transporte coletivo é um problema que remonta ao ano de 2013, quando a Cidade Verde participou de uma licitação fraudulenta e com a aquiescência do prefeito de então. A culpa é do PT”, diz o prefeito Herzem que esclareceu também sobre o contrato com a empresa de ônibus: “firmamos um negócio que poderá dar lucro para a prefeitura, a nossa economia está voltando a movimentar, o valor será pago com o dinheiro do usuário, com a compra da passagem”, finaliza o candidato à reeleição pelo MDB.
Hoje cedo recorremos à Secretaria de Comunicação da prefeitura para enviar um representante da administração para nos conceder uma entrevista para que assim a população possa tirar as suas conclusões.