WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


setembro 2020
D S T Q Q S S
« ago    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

fast impressoes

Para Mozart não restava opção: o apoio para Zé era inevitável

IMG_20200915_011429_compress48

Diante de uma eleição polarizada, plebiscitária, um verdadeiro Ba x VI, ou Vasco x Flamengo, seria preciso muita independência, ou loucura política, digamos assim, para o PSB continuar alimentando a ideia de candidatura própria, correndo o risco de favorecer a caminhada do prefeito Herzem Gusmão ser reeleito.
Não deu outra, eu já previa essa decisão. Mozart adia o sonho de ser prefeito, retirou sua candidatura em comum acordo com a executiva municipal, voou para os braços do PT, em especial de Zé Raimundo, e vai juntar-se ao PCdoB para juntos tentarem abater a candidatura do MDB liderada pelo atual prefeito. Mozart não deixará a disputa, buscará uma cadeira na Câmara Municipal.
Política é um jogo que exige muita habilidade, paciência e maturidade.
O PDT, não o de Brizola, o de Carlos Lupi, já definiu apoio ao candidato petista e amanhã mais uma sigla poderá decidir apoiar o deputado que já foi prefeito de Conquista em duas oportunidades: o PL, que em nossa cidade segue a orientação do vereador Luciano Gomes, hoje filiado ao Partido Comunista do Brasil.
Já estava escrito nas estrelas, ou somente na reluzente do PT: não tinha outro espaço para o professor e historiador brilhar.

2 respostas para “Para Mozart não restava opção: o apoio para Zé era inevitável”

  • Silvio disse:

    Vasco x Flamengo??? Infeliz comparação. Um Fla x Flu seria bem mais adequado, ou mesmo um Corínthians x Palmeiras ou ainda um Gre x Nal, Até um Conquista x Serrano caía bem, mas nunca um Vasco x Flamengo. Aliás, quem é Vasco mesmo? Algum navegador Português?

Deixe seu comentário

alessandro tibo
blog do marcelo


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia