IMG-20200828-WA0031

A reunião foi ontem, tudo ficou aonde estava, a cabeça de chapa é o impasse para selar o acordo entre o PSB e o PSD, Mozart Tanajura e Abel Rebouças, respectivamente, para formar “uma dupla competitiva e preparada para enfrentar os nomes postos que pretendem governar a cidade a partir de janeiro de 2021”, assim argumenta um ativo participante da vida social e política de Vitória da Conquista.
A conversa evoluiu entre as duas siglas quando PT e PCdoB definiram o nome da jornalista Luciana Oliveira como companheira de chapa do deputado Zé Raimundo.
Tem gente que chega a afirmar que o PSB ainda espera “entrar água” na decisão do PT aceitar a vice ser indicada pelo PCdoB. “O PSB já teve dois vices indicados pela frente partidária que governou Conquista durante 20 anos, é mais do que justo que sejamos nós agora”, afirmou o deputado Fabrício ao nosso programa Agito Geral em recente entrevista.
Voltando ao duelo civilizado entre Abel e Mozart, o tempo urge e por isso mesmo as duas siglas que os representam definiram que amanhã é o dia máximo para a decisão.
Já no final da noite, Abel Rebouças deixou claro: “Conquista pode ter certeza, a gente vai ao segundo turno, não sabemos com quem. Se ocorrer qualquer surpresa, não apoiaremos ninguém”.