curtinhas2

O Partido dos Trabalhadores sinaliza para os aliados que gostaria muito reviver a Frente Conquista Popular nas eleições de outubro próximo.

xxxxxxxxxxxx

O aviso foi dado através do nosso programa Agito Geral, levado ao ar pela Transamérica 100,1. O porta voz foi o novo presidente da sigla, o jovem Isaac Bomfim. “Temos conversado com o deputado Fabrício Falcão, com o presidente do PSB, André Ará, que esteve na nossa posse. O povo tem nos cobrado uma posição, quer saber logo quem será o candidato”.

xxxxxxxxxxxx

O novo dirigente da sigla petista foi enfático quando perguntei o que mudou de uns meses para cá em relação a posição do partido de que o prefeito Herzem Gusmão é um adversário difícil de ser enfrentado:

xxxxxxxxxxxx

“Por parte da direção do partido, mesmo na época do companheiro Rudival Maturano (ex-presidente), nunca foi dito que o prefeito é carta fora do baralho, não entendemos assim. Precisamos estar unidos, mas quem tem obrigação de ganhar as eleições é ele, não nós. Vamos disputar, tentar trazer de volta os 20 anos de sucesso da administração que o povo tem saudade”.

xxxxxxxxxxxx

Os nomes que sempre estiveram disponíveis dentro do partido para tentar o retorno ao comando administrativo da cidade foram do ex-prefeito Guilherme Menezes e dos deputados Waldenor Pereira e José Raimundo, federal e estadual, respectivamente. Ficaram os dois últimos.

xxxxxxxxxxxx

“O companheiro Guilherme retirou o seu nome. Ou melhor, o grupo que o apresentou como pré-candidato solicitou a sua retirada com o seu aval”. Guilherme Menezes está ocupando um cargo junto ao governo do estado, a convite de Rui Costa.

xxxxxxxxxxxx

Saiu uma notícia de que estava batido o martelo e que o deputado José Raimundo seria o nome definido, só que Isaac negou e apresentou a versão que permanece até hoje inalterada:

xxxxxxxxxxxx

“Não é verdade, temos dois nomes que disputam a preferência da militância, são os deputados Zé Raimundo e Nonô, eu diria 50% para cada um. A gente continua discutindo internamente, até fevereiro apresentaremos o nosso nome”, garante Isaac.

xxxxxxxxxxxx

Outros nomes já estão apresentados como pré-candidatos. O PCdoB já anunciou Fabrício Falcão, saiu na frente e deve permanecer até o final, até porque assim exige os candidatos a vereador, não só do partido comunista, de todos que queiram continuar na cena política eleitoral.

xxxxxxxxxxxx

O partido do vice-governador João Leão anunciou, através do Grupo Independente, o nome de Romilson Filho. Na mesma noite, com a Câmara de Vereadores lodata, foi também anunciada a pré-candidatura do médico Armênio Santos. E tem mais nomes, são vários:

xxxxxxxxxxxx

Mesmo que não tenham os nomes definidos, mas é certo que o PSOL terá o seu, o mesmo deverá ocorrer com o PSB, o PSD do senador Otto Alencar vem realizando uma série de reuniões e busca lançar um nome, sendo o do presidente da Coopmac, Jaymiltinho Gusmão, o mais citado. Só que ele já tem a resposta na ponta da língua:

xxxxxxxxxxxx

“Não discuto política partidária enquanto estiver a frente da direção da Coopmac”, e  aproveita e reitera a todos que o abordam: “de 02 a 07 de junho vamos realizar a nossa Exposição já inscrita no calendário estadual”.

xxxxxxxxxxxx

Durante a entrevista, o recém eleito presidente do PT Municipal destacou que quer conversar muito com o PSD, aqui dirigido pelo ex-reitor Abel Rebouças e suplente de senador: “o PSD é um partido da base do governo e já tem um novo filiado que é Marcelo Melo, um nome bastante reconhecido dentro da população conquistense”.

xxxxxxxxxxxx

São sinais evidentes de que em nossa cidade a disputa será acirrada por cada apoio, por cada voto, mas segundo o próprio presidente do partido de Lula, não interessa a ninguém a disputa difamatória:

xxxxxxxxxxxx

“A nível nacional a política está muito polarizada, não é interessante para nenhum dos lados esse tipo de campanha”. Então não será uma disputa ideológica? Perguntei-lhe.

xxxxxxxxxxxx

“A cidade quer saber como está o seu filho na escola, como está a saúde, se sua rua está asfaltada ou não“. Está claro, se depender do candidato do PT a campanha não será nacionalizada, a disputa dar-se-á apenas abordando os problemas locais, realizações, proposições.

xxxxxxxxxxxx

O nome do vereador Davi Salomão já é também uma peça dentro do tabuleiro político eleitoral, a não ser que surja uma novidade e aquela máxima mineira de que “política é como as nuvens e mudam de lugar a todo instante”, e já existe movimentação para:

xxxxxxxxxxxx

Esquerda de um lado e direita do outro, ou seja: “cada um no seu cada qual, cada um no seu quadrado”. Aguardemos a reunião.

xxxxxxxxxxxx

Já sentaram Lula com Fernando Henrique, também com Sarney, Temer com Dilma, Clovis Assis com Guilherme, Nilo Coelho com Waldir Pires, e por que Herzem não poderá fazê-lo com Salomão, Zé Wiliams e Arlindo Rebouças? Ou mesmo Nonô e Guilherme?

xxxxxxxxxxxx

A terceira via que é um nome que já virou mania nacional continua como uma incógnita, e já foi citado o nome do Comandante Ivanildo, que também interveio incontinente: “não autorizei colocarem o meu nome, de qualquer sorte agradeço a deferência”, disse o militar que está na expectativa da realização da segunda edição do Por do Sol no Cristo.

xxxxxxxxxxxx

Para não ficarmos na dúvida se Mozart Tanajura Filho será candidato em Vitória da Conquista, ele já transferiu o seu domicílio eleitoral para a nossa cidade. Ainda não anunciou o partido pelo qual disputará as eleições.

xxxxxxxxxxxx

Aí aparece um assessor especial do prefeito Herzem Gusmão e diz: “pode vir qualquer um, o prefeito será reeleito. Trabalhou para isso e vai trabalhar muito mais”. Ele ainda não autorizou mencionar o seu nome, mas também não dezautoriza, depois dessas Curtinhas, quem sabe…

xxxxxxxxxxxx

Enquanto se discute terceira, quarta via, via adicional, etc, a cidade quer saber é da duplicação da Rio Bahia. E aí? Onde está a representatividade política de Conquista e região? A OAB já se pronunciou, cumpriu a sua obrigação de entidade representativa, mas faltam outros órgãos, a UESB, por exemplo.