curtinhas2

Professores universitários da Bahia não estão muito satisfeitos com o governador Rui Costa. A queixa é muito grande.

xxxxxxxxxxxx

Também não estão satisfeitos com o presidente Jair Bolsonaro os eleitores que acreditaram que após a sua posse o Brasil viraria um paraíso.

xxxxxxxxxxxx

O processo é longo, minha gente, não é da noite para o dia. As mudanças são demoradas. Às vezes elas nem acontecem. Pioram. Esperem, está cedo. Desejo que melhore para todos. No Brasil, na Bahia e em Conquista.

xxxxxxxxxxxx

A propósito, quais mudanças aconteceram na cidade a partir da presença do governo Herzem Gusmão? O que mudou para melhor? Estaria tudo igual ou regrediu em algum setor?

xxxxxxxxxxxx

Os eleitores do prefeito Herzem Gusnão afirmam para os quatro cantos da cidade que “o prefeito não para de trabalhar, é obra pra todo lado, só não vê quem não quer”, dizem.

xxxxxxxxxxxx

“Só falam do asfalto no centro da cidade, na Siqueira Campos, Rosa Cruz, Vivaldo Mendes, Genésio Porto, Bartolomeu, como se o governo se preocupasse com um lado da cidade”, argumenta um eleitor de Herzem.

xxxxxxxxxxxx

E ele continua pedindo um espaço para ir ao programa Agito Geral: “quero ir lá pra ‘esculhambar’ com esses petistas que não se conformam em ter perdido as eleições. Vejam o tanto de obras na zona oeste da cidade”.

xxxxxxxxxxxx

Ele enumera uma série de ruas e avenidas asfaltadas pelo governo. O Miro Cairo, por exemplo, ele diz e exibe fotos no celular, foi todo asfaltado: “eu mesmo divulgo, já que o governo não consegue comunicar. É muito ruim a comunicação da prefeitura”, afirma José Antonio de Oliveira Lopes, que se declarou eleitor de Herzem e Fabrício Falcão.

xxxxxxxxxxxx

Não podemos admitir que todos os eleitores de Herzem sejam de direita, com certeza muitos já votaram em Guilherme e Zé Raimundo. Talvez desiludidos por não terem sido contemplados naquilo que esperaram, mudaram de lado. Ou mesmo entenderam que o governo deveria mudar de mãos.

xxxxxxxxxxxx

O nosso voto é pouco ideológico, ele é mais por interesses imediatos, que agrade o nosso estômago, não importa se o prefeito é do partido A ou B. “O que esfaltar o meu bairro ou iluminar a minha rua, eu voto”, é mais ou menos assim.

xxxxxxxxxxxx

O próprio prefeito assegura que “estamos trabalhando, o povo está entendendo a nossa mensagem. Com as bençãos de Deus vamos e estamos mudando a cara da cidade”, declara o gestor sempre que discursa.

xxxxxxxxxxxx

O prefeito, pela leitura que fazemos, quer deixar sua marca como o gestor que iluminou, limpou e asfaltou. É visível também que ele quer imprimir uma marca “verde” à sua administração. Praças e jardins são os seus alvos. Aqui vai uma opinião pessoal, fugindo até do meu perfil: a Praça Vítor Brito ficou muito moderna e bonita.

xxxxxxxxxxxx

Discutem bastante a redução das vagas de estacionamento. Muitos queixam, como de resto, muitos comerciantes que foram atingidos por ação do governo. Falta ao governo explicações a população o porquê dessa medida sistemática de diminuir as vagas de estacionamento em diversos pontos da cidade.

xxxxxxxxxxxx

Já no início da administração o prefeito Herzem encontrou resistência por parte dos comerciantes do centro liderados pela CDL,  presidida por Sheila Andrade, filha da vice-prefeita Irma Lemos, portanto uma correligionária política. Os ânimos foram arrefecidos. A lua de mel voltou a ser uma constante.

xxxxxxxxxxxx

“Eu votei em Herzem, claro, independente da minha minha mãe, mas discordo do que está sendo feito”, dizia Sheila à época, quando as discussões “pegavam fogo”.

xxxxxxxxxxxx

“A cidade é para pessoas, não para automóveis, menos para eles. Estamos com a assessoria de grandes urbanistas do Paraná que nos apontaram essa direção”, rebatia o prefeito.

xxxxxxxxxxxx

O Rio Verruga, a sua revitalização, é outra ação do governo do emedebista que pretende valorizar uma uma extensão considerável às margens do moribundo filete de água que ainda insiste em correr. O prefeito pretende dar-lhe vida, para tanto lançou um projeto que considera “muito importante para todos nós, sobretudo para os nossos jovens que nem sabem que sob os nossos pés corre um rio pedindo socorro”, pontua.

xxxxxxxxxxxx

Na educação, na saúde, como está o governo municipal? Quais foram os avanços ou os retrocessos que aconteceram?

xxxxxxxxxxxx

Enquanto isso a oposição vem se reunindo, discutindo o que fazer para voltar ao comando administrativo da cidade. Zé Raimundo e Guilherme já estão prontos, se preciso entram em campo. Corre por fora o nome do deputado Waldenor Pereira que humildemente se pronuncia: “o nome do companheiro Zé Raimundo pontua muito bem, o nosso partido está muito bem representado. O meu nome também está à disposição”, deixa claro.

xxxxxxxxxxxx

Elias Dourado, Marcos Andrade, do PCdoB, Jânio Freitas, Ricardo Alves, Júlio Oliveira, Nagib Barroso e José Siqueira, todos do PT, defendem uma ampla união dos partidos de esquerda.

xxxxxxxxxxxx

O PSB e PSOL não comungam muito com essa ideia, me parece que eles terão candidatura própria. PSB, inclusive, deu um passo importante na sua estrutura interna, procedeu uma “corrida de bastão” na sua sigla. Aclamou o nome do publicitário Andre Ara ao cargo de presidente do partido. Aproveitando o ensejo, o jovem Esdras Tenório se coloca como uma opção à prefeitura.

xxxxxxxxxxxx

Vamos convivendo com essa dinâmica da politíca que é algo tão apaixonante.

xxxxxxxxxxxx

E para todos festejarem a dança dos movimentos, dia 31 de maio no Miraflores acontece a lll Edição de uma Noite de Forró, desta feita com a essência da nossa boa música forrozeira: Edigar Mão Branca, Targino Gondim e Rege de Anagé!