7A764DB9-BB2D-4BCF-BBB1-43AC8A5E8984

Hoje pela manhã conversei ao telefone com o vereador Coriolano Moraes e perguntei-lhe como fica o quadro da política de Conquista daqui pra frente. Sua resposta foi didática e pausada, como se espera de um educador: “agora o quadro é de empate. Com a vitória de Bolsonaro a administração do prefeito pode ganhar fôlego, o que é natural. Quando você conta com o apoio do governo federal as coisas mudam. Lembro da administração do prefeito Zé Raimundo. Ele capengava, vinha muito ruim, mal avaliado. Aí veio o presidente Lula e resolveu o problema da Rio Bahia, oxigenou a sua gestão. Zé foi reeleito e passou a ser considerado um dos maiores prefeitos da história de Conquista”. E a Câmara, vereador? Como fica a composição da Mesa? “Estamos conversando, não vemos um nome de forma isolada, queremos continuar a casa unida”.

O vereador que já foi secretário de Educação do governo Guilherme Menezes vem mantendo uma relação estreita com vários segmentos da sociedade conquistense. É, inclusive, muito bem lembrado para capitanear um processo de renovação na política administrativa da capital do sudoeste da Bahia. “Renovação é um processo natural, é preciso que entendamos essa lógica, quem não pensar e agir assim vai ficando para trás”. Na última eleição para deputado, embora seja um quadro histórico do PT, ele preferiu apoiar o deputado Fabrício Falcão do PCdoB.

Segundo o vereador, as eleições ora findadas deixaram recados claros aos atuais políticos, àqueles que não renovaram os seus métodos, cita, por exemplo, os diversos nomes que não renovaram os seus mandatos. Por outro lado destaca o papel desempenhado pelo governador Rui Costa que “estourou nas urnas, o povo assimilou o mandato de Rui, mesmo o seu, o nosso partido, ter sofrido tanto desgaste”.

Cori e todos os seus colegas de Câmara se preparam para homenagear os novos Cidadãos Conquistenses com sessão solene a ser realizada no próximo dia 08 de novembro, no auditório do CEMAE. Clovis Flores é um dos homenageados, sendo o vereador petista o autor da indicação.