WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


fevereiro 2018
D S T Q Q S S
« jan   mar »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728  

camara vitoria da conquista cicatriza fast impressoes

Local de despejo?

Foto: Blog do Anderson

Foto: Blog do Anderson

A cidade acompanha incrédula um desenrolar ainda sem previsão de acabar, o embate travado entre a administração municipal e uma senhora de nome Eni, proprietária de um ponto de venda de passagens de ônibus, a qual foi construída, segundo afirma a gestão municipal, de forma irregular. Uma barraca que compromete o visual, assim como obstrui a passagem de veículos.
Consta que a Secretaria de Obras solicitou da proprietária a desocupação do espaço, mas encontrou reação imediata de resistência. O impasse foi criado. O julgamento da população foi também incontinente, parte favorável a retirada, outra contra. “O governo precisa ter autoridade, já deveria ter tirado há muito tempo”, entendiam uns. Já outros afirmavam: “que maldade. Faz tempo que aquela barraca está ali, é dali que aquela mulher retira o seu sustento”. O caso ganhou uma dimensão superior a centenas de metros quadrados que daria para construir dezenas de barracas. Virou um barraco. Radicalizou.
Na semana passada a prefeitura efetuou a demolição da construção e justificou o ato cumprindo uma determinação do Ministério Público, o que foi negado em seguida pela mesma Secom que expedira nota anterior. O fuzuê causou uma série de problemas na vida da cidade: o Bode não tem mais chances de classificação; Nilo é lançado vice de Neto; a chuva volta a cair sobre a cidade; a Viação Vitória continua na sua; a base de Herzem tem candidatos a perder de vista; todo mundo quer comprar stand, mas a Exposição não tem mais, e os vereadores Valdemir Dias e Rodrigo Moreira, em apoio a Dona Eni, que apresentou documento de posse do terreno doado pela igreja, radicalizaram na solidariedade, simplesmente defendem que o entulho que no local foi derramado continue ali como prova de protesto, e que o resto se lixe com o lixo.
Os dois vereadores muito bem votados, inteligentes e esclarecidos, podem prestar apoio a Dona Eni, mas também devem dirigir-se à prefeitura e dialogar com o prefeito no sentido de resolver o impasse. Com certeza, será uma aula de civilidade, harmonia e educação. Os dois parlamentares tem capacidade para isso e a população vai aplaudir. Em comemoração tocarei durante uma semana uma linda canção de Gilberto Gil: “Nos Barracos da Cidade”.

1 resposta para “Local de despejo?”

  • Francisco Silva Filho disse:

    Grande, Massinha!
    A solidariedade destes dois edis conquistenses, tem um preço: “O DO POPULISMO”. Solidariedade verdadeira é aquela em que o solidário oferece ajuda, bens, e apoio financeiro até que o problema seja resolvido.
    Ficar “jogando para a GALERA” é demagogia. Assim é como se comportam os reacionários e aproveitadores de plantão.
    Se a vida da dona Eni já não era das melhores, agora ficou pior, não por causa isolada da derrubada do seu barraco, mas, por atender aos interesses desses dois aproveitadores da miséria alheia para se auto promoverem.

    De Curitiba(PR)

Deixe seu comentário

alessandro tibo
blog do marcelo


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia